Ao lado de Rui, prefeita de Araci promete apoio a Jerônimo em eleição para governador

Apesar de estar filiada ao PDT, partido que faz oposição à gestão estadual na Bahia, a prefeita Keinha, de Araci, declarou, nesta quinta-feira (7), que faz parte da base de apoio do governador Rui Costa (PT) e apoiará Jerônimo Rodrigues, pré-candidato ao Governo, nas eleições de outubro.

O discurso da prefeita foi feito durante agenda do governador no município, na manhã desta quinta-feira (7). “Valeu a pena me empenhar, trabalhar e pedir voto por esse grupo político que aqui está. Vamos fazer mais. Garanto que meu time vai retribuir tudo isso que estamos recebendo hoje”, disse a prefeita, acrescentando que são mais de R$ 50 milhões em obras autorizadas por Rui na cidade.

Nos últimos dias gestores de partidos do arco de aliança de ACM Neto (UB), declararam que vão apoiar a candidatura do ex-secretário de Educação. Na quarta (6) o prefeito de Esplanada, Nandinho da Serraria (PSDB), confirmou o apoio ao pré-candidato do PT ao Governo do Estado (veja aqui). Já na última segunda (4), foi a vez do prefeito Vitor do Posto, do município de Santanópolis, que se emocionou e chegou a se ajoelhar para agradecer o governador (lembre aqui).

Adolescente é morto a tiros por encapuzados em Araci

Um adolescente de 17 anos, identificado como Jadson Kaique Neves dos Santos, foi morto a tiros por homens encapuzados no bairro Recanto das Flores, em Araci, na noite desta quarta-feira (23).

A Polícia Militar foi acionada pelo Centro Integrado de Comunicação (Cicom) da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) com a informação dos disparos de armas de fogo por volta das 21h40 na Quadra A.

Quando a PM chegou ao local, só encontrou a vítima caída num local conhecido como Subida do Bonfim. Os policiais isolaram a área e acionaram o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Foram realizados os levantamentos iniciais e a investigação será realizada pela DT/Araci. Ninguém foi preso até então.

Fonte: Portal Cleriston Silva

Suspeito de tráfico de drogas morre após troca de tiros com a CIPE/Nordeste em Araci

Um homem suspeito de traficar drogas na localidade conhecida como Barragem do Maracujá, em Araci, morreu após trocar tiros com a Polícia Militar nesta quarta-feira (2).

Denúncias feitas ao canal Disque Denúncia sobre o tráfico de entorpecentes levaram policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste) ao local.

Durante um patrulhamento, os agentes avistaram o homem armado. Em uma tentativa de abordagem, ele atirou contra a PM e houve confronto. Ao final da troca de tiros, o suspeito foi encontrado caído no chão com uma pistola calibre 6.35 e um revólver calibre 38.

No local, também foram apreendidas duas espingardas de fabricação artesanal, um carregador, oito munições, 40 trouxinhas de cocaína, uma porção maior da mesma droga, quatro celulares e dinheiro.

O baleado chegou a ser levado para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, mas não resistiu aos ferimentos. A ocorrência foi registrada na delegacia de Araci.

Estudantes de Araci criam protótipo que afere glicose por saliva

Os alunos do município de Araci, região sisaleira da Bahia, Isla Santana e Flávio Rafael, orientados pela professora Pachiele da Silva, do Centro Territorial de Educação Profissional do Sisal II, desenvolveram um protótipo não-invasivo para controle glicêmico a partir da saliva.

Para que seja possível aferir com o fluxo salivar, os pesquisadores revelaram que fazem uma adaptação dos métodos já usados para calcular a glicose através do sangue. “O protótipo é desenvolvido através de uma adaptação de procedimentos já existentes. A tecnologia é idealizada e desenvolvida numa metodologia que consiste em um resistor revestido com um tecido que contém uma enzima reagente à glicose, que ao entrar em contato com a saliva do paciente gera uma reação que é interpretada por um dispositivo eletrônico”, explica Isla.

O projeto foi criado porque os estudantes viram a necessidade de elaborar um método não-invasivo para que as pessoas diabéticas não sentissem dor na hora de fazer o monitoramento. “Foi uma forma de se colocar no lugar do próximo, sentir sua dor e ajudar com o que a gente pudesse, que, no nosso caso, foi por meio da ciência. Outra coisa que nos impulsionou a idealizar a pesquisa, foi um contato que tivemos com a avó de uma pessoa próxima, que nos contou sobre suas dificuldades e desprazeres diários devido ao tratamento do diabetes”, revela Flávio.

Isla destaca que o maior objetivo do projeto é disponibilizar no mercado uma alternativa confortável e indolor de medição glicêmica. De acordo com ela, a tecnologia será muito benéfica para os portadores da doença. “Nosso produto irá promover conforto e simplicidade ao paciente diabético que, rotineiramente, sofre com calos, ansiedade e má circulação nos dedos devido a esses métodos que utilizam o sangue como biomarcador da glicemia. Iremos promover uma qualidade de vida melhor a essas pessoas que necessitam de um automonitoramento glicêmico”.

A tecnologia, que está em fase de desenvolvimento, faz parte do Programa Ciência na Escola, da Secretaria de Educação, e foi uma das vencedoras da 9ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). “Estamos na etapa de mapeamento das variáveis que podem interferir na medição da glicemia através da saliva. No futuro, assim que tivermos tudo isso mensurado e tivermos nosso protótipo testado por pessoas diabéticas, pretendemos levá-lo ao mercado e torná-lo acessível ao mais variado tipo de público diabético”, diz Flávio.

A orientadora do projeto, Pachiele da Silva, destaca que essa é uma pesquisa que tem grande relevância social e é uma forma de melhorar a qualidade de vida das pessoas. “Uma oportunidade ímpar, por toda sua relevância social. Possibilitar qualidade de vida a essas pessoas, conseguindo, assim, medir seus índices glicêmicos a partir da saliva, não havendo necessidade de furos na derme diariamente, na coleta de sangue. Quem é diabético sabe bem a luta diária que é conviver com o controle através do sangue”.

A diabete é uma doença crônica que atinge milhões de brasileiros. De acordo com dados liberados pela Federação Internacional de Diabetes em 2021, o número de doentes no Brasil pode chegar a 16,8 milhões, cerca de 7% da população. Os diabéticos têm restrições alimentares e precisam acompanhar diariamente o índice glicêmico.

Homem morre após colidir com moto contra animal na BR 116, entre Teofilândia e Araci

Um homem identificado como Gerson Silva Macedo, de 52 anos, morreu após colidir contra um animal que atravessava a BR-116, no trecho entre os municípios de Teofilândia e Araci, na região microrregião de Serrinha. O acidente aconteceu por volta das 23h30 do último sábado (18).

De acordo com informações colhidas pelo PCS, o homem – residente na Rua Elpídio Pimentel, na cidade de Tucano – pilotava uma motocicleta quando foi surpreendido pelo animal, o que o fez perder o controle do veículo. Segundo a polícia, ele morreu no local. *Com informações do repórter Reny Maia

Homem é detido por exercício ilegal da profissão após atuar como dentista na zona rural de Araci

Um homem foi preso por exercer ilegalmente a profissão de dentista no povoado de João Vieira, em Araci. Conforme apurou a reportagem do PCS, ele foi encontrado dentro de um consultório clandestino que usava para fazer as consultas, na manhã desta segunda-feira (13), por volta das 10h.

O suspeito, identificado pelo apelido de “Galego Dentista”, foi preso por policiais do Serviço de Investigação (SI) da Delegacia Territorial (DT) após uma denúncia anônima. A polícia e representantes do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CROBA) foram até o consultório.



No local, a polícia encontrou uma cadeira usada para procedimentos odontológicos, anestésicos, seringas, alicate, fios de sutura e material utilizado para confecção de próteses dentárias. De acordo com a polícia, no momento da autuação, os fiscais do CROBA constataram que o suspeito não tinha o registro profissional.

O homem foi encaminhado para a DT, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo exercício ilegal da profissão. Em seguida, ele foi liberado e aguarda por uma audiência. Ainda não há previsão da data. 

A ação foi comandada pelo delegado Hildebrando Alves, com o apoio de policiais da DT de Teofilândia.

Polícia acha três corpos nas cidades de Barrocas e Araci; pai e filho estão entre as vítimas

Três homens foram encontrados mortos na madrugada desta terça-feira (7) nos municípios de Barrocas e Araci, na microrregião de Serrinha. De acordo com a PM, o primeiro caso foi registrado no povoado de Barreiras, em Barrocas. Edvanio Costa Santos, de 16 anos, conhecido como “Bizuim”, que morava no distrito de Salgadália, em Conceição do Coité, tinha diversas marcas de tiros na cabeça. 

A segunda ocorrência foi registrada horas depois, na comunidade de Minador, zona rural de Araci. Informações preliminares apontam que os dois seriam pai e filho, mas a confirmação só deve acontecer durante as apurações, que estão com a Polícia Civil. 

Os investigadores já sabem que Genivaldo Aquino de Jesus, de 45 anos, conhecido como “Val”, e Jackson Andrade de Jesus, de 21, o “Lunga”, também moravam no distrito de Salgadália, e, por isso, não é descartada a possibilidade de que os três se conheciam.

Os corpos das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha e não há informações sobre data e horário local do enterro. A motivação dos assassinatos ainda é desconhecida. *Com a colaboração do repórter Reny Maia

Inaugurada policlínica do Sisal em Serrinha; mais de 80 empregos são gerados

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima de 94% da população baiana com a unidade de Serrinha, entregue pelo governador Rui Costa, acompanhado pela secretária estadual da Saúde em exercício, Tereza Paim, nesta segunda-feira (13). A 21ª policlínica inaugurada pelo Governo do Estado recebeu um investimento superior a R$ 29,1 milhões, entre obras, equipamentos e veículos, e atende 500 mil habitantes de 14 municípios da região centro-leste da Bahia. Ao todo, 391 dos 417 municípios baianos já têm acesso a policlínicas, que realizam gratuitamente os exames solicitados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Serrinha, Rui afirmou que outros pequenos procedimentos cirúrgicos devem ser incluídos entre os serviços oferecidos pelas policlínicas. “Nós estamos zerando a fila de tomografia, de ressonância e de outros exames onde nós implantamos as policlínicas e vamos aumentando a eficiência da nossa gestão. Agora nós estamos contratando alguns procedimentos para fazer na própria policlínica. Além do diagnóstico na oftalmologia, por exemplo, como a policlínica está habilitada para pequenas intervenções, nós vamos contratar o serviço para fazer os procedimentos na própria policlínica, inclusive de catarata, para não precisar remeter o paciente para outro lugar. Então, nós vamos introduzir alguns procedimentos que podem ser feitos na própria policlínica, já que estamos com a rede montada”, disse.


As policlínicas são construídas e equipadas com recursos estaduais. Durante a operação da unidade, o Estado participa com 40% do custeio e os outros 60% são financiados pelos municípios consorciados, de acordo com a sua população. O Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Serrinha reúne os municípios de Araci, Barrocas, Biritinga, Conceição do Coité, Euclides da Cunha, Lamarão, Monte Santo, Quijingue, Retirolândia, Santaluz, São Domingos, Serrinha, Teofilândia e Valente.

Resolutividade – A policlínica em Serrinha oferece consultas especializadas em angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia, pequenos procedimentos cirúrgicos, ginecologia, pneumologia, dermatologia, reumatologia, anestesia, fisioterapia e ortopedia. As especialidades não médicas são farmácia clínica, enfermagem, psicólogo e nutricionista e exames de mapa, holter, ecocardiograma, ergometria, eletrocardiograma, eletroencefalograma, endoscopia digestiva, ultrassonografia doppler, raio-x e tomografia.



“É um equipamento muito importante para a região do Sisal. Também é muito importante que a população procure a atenção primária do seu município e, a partir daí, ela vem com a consulta marcada, agendada, com transporte, toda segurança e agilidade nas consultas e resolutividade das suas doenças. Há sala do pé diabético, um tomógrafo, ressonância, mamografia, exame de raio-x e uma complexidade de médicos especialistas para atender a eco, oftalmologia, ultrassonografia e todos os exames”, explicou Tereza Paim.

Para levar os pacientes de seus municípios até a policlínica, o Governo do Estado adquiriu sete micro-ônibus com ar-condicionado e acessibilidade e quatro vans, que fazem o transporte diariamente.
Emprego e renda.



Não é somente na saúde que as policlínicas beneficiam a população. A unidade em Serrinha emprega 84 empregos diretos. Entre eles, a assistente administrativa Rosiane Mota de Moura, 34 anos, não precisa mais viajar 40 minutos todos os dias, nos trajetos de ida e volta do trabalho. “Eu trabalhava nas cidades de Araci e Tucano, na área da educação. Para mim, foi uma benção abrir essa policlínica porque eu não vou precisar mais ficar me deslocando de uma cidade para outra. Então, é uma oportunidade muito boa”.

Dentre as especialidades médicas, destaque para as áreas de oftalmologia, ortopedia, cardiologia, endocrinologia, ginecologia e obstetrícia, otorrinolaringologia e radiologia. A policlínica conta também com enfermeiros, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, psicólogo e assistente social.

Araci: Homem que agrediu mulher em restaurante está foragido da polícia

O homem que agrediu brutalmente a ex-companheira em um restaurante no município de Araci, na região do Sisal, no dia 16 de junho, está foragido da polícia. Na ocasião, após receber diversos socos no rosto, a vítima chegou a desmaiar e precisou ser levada ao hospital. Imagens das câmeras de segurança do estabelecimento exibiram o momento em que o suspeito se aproximou da mulher, que estava sentada na mesa acompanhada de outras duas pessoas, a segura pelos cabelos e puxa a vítima da cadeira. O suspeito chegou a dar pelo menos três socos contra o rosto da ex-companheira.

A cena foi presenciada por um outro rapaz que acompanhava a mulher e, em determinado momento, tentou conter o suspeito. Contudo, nada impediu o homem de agredir a mulher até ela cair no chão, desacordada. O vídeo mostra ainda o momento em que o suspeito, depois de cometer as agressões, deixa o local andando tranquilamente.

Procurada pela reportagem, a Polícia Civil (PC) que informou que um mandado de prisão foi expedido contra o suspeito, que está foragido. Ainda de acordo com a polícia, foi expedida uma guia de exame de lesão corporal da vítima, que recebeu da Justiça uma medida protetiva contra o ex-companheiro. “A investigação está em curso”, concluiu a PC.

Caso Drº Andrade: Investigações apontam que médico suspeito de matar colega agiu sozinho

As investigações sobre a morte do médico acreano Andrade Lopes Santana, de 32 anos, apontaram que o colega de profissão e amigo da vítima, Geraldo Freitas Junior, agiu sozinho. O prazo para conclusão do inquérito segue até o dia 25 de julho.

“A Polícia Civil de Feira de Santana continua realizando a colheita de alguns depoimentos de pessoas próximas tanto à vítima quanto ao autor. Até o presente momento, a motivação ainda não foi devidamente elucidada”, disse o coordenador regional de polícia de Feira de Santana, delegado Roberto Leal, responsável pelas investigações do caso.

No dia 28 de junho, completou um mês que o corpo de Andrade Santana foi encontrado no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, preso a uma âncora. A polícia já tem algumas linhas de possíveis motivações para o crime. Entretanto, elas não foram reveladas para não atrapalhar o seguimento das investigações.

“Algumas informações foram angariadas, já há conclusões de que ele agiu sozinho, houve auxílios posteriores em relação a alguns fatos, que estão sendo analisados, e a gente continua no aguardo das perícias que foram realizadas nos aparelhos celulares tanto do autor quanto da vítima”, afirmou Roberto Leal. Geraldo Junior segue preso no Conjunto Penal de Feira de Santana. Ele teve a teve a prisão temporária prorrogada por mais 30 dias.

Andrade Lopes foi encontrado morto no dia 28 de maio, no rio Jacuípe, na cidade de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 91 quilômetros de Serrinha. Ele desapareceu no dia 24 de maio, quando saiu de Araci, onde morava e trabalhava, com destino a Feira de Santana, que fica a 23 quilômetros de São Gonçalo dos Campos.

Segundo os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), foi constatado um disparo de arma de fogo na nuca e uma corda no braço amarrada a uma âncora para o corpo não emergir nas águas do rio Jacuípe.

Top